segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Duas Escolas de Dep. I. Pinheiro são Nota dez premiadas no Spaece Alfa

                                   A imagem pode conter: 18 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Na última sexta – feira (16/12) a Prefeita Rizoleta Moreira e uma grande caravana se deslocou para Fortaleza, onde aconteceu a solenidade de entrega do Prêmio Escola Nota 10.
Foi no Centro de Eventos do Ceará e na oportunidade, o governador Camilo Santana entregou o Prêmio Escola Nota Dez às 301 escolas públicas do Estado que se destacaram no ano passado.
Esta foi a oitava edição do evento, que acompanha os avanços das instituições de ensino cearenses incluídas no Programa de Aprendizagem na Idade Certa (PAIC), a partir de dados fornecidos pelo Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica (SPAECE).
                                     A imagem pode conter: 15 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
São avaliados alunos dos 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, tendo como base resultados de alfabetização e das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.
Um dos destaques desta edição do prêmio foi o aumento significativo no percentual de crianças alfabetizadas ao término do 2º ano em 2015 no Ceará.
                                      A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas em pé
Em Dep. I. Pinheiro, duas escolas foram premiadas : EEB Francisca Josué de Souza Carneiro, premiada pelo bom desempenho no 2º e no 5º anos e a EEB Joaquim Napoleão Pinheiro, premiada no 5º ano e todas as outras escolas são Nota 10.
A caravana de Dep. I. Pinheiro contou com a presença da Prefeita Rizoleta Moreira; Secretária de Educação Básica Iraíza Oliveira; Secretária de Educação Básica Adjunta Inez Santiago; Diretor da EEB Francisca Josué Edvan de Souza; Diretora da EEB Joaquim Napoleão Eugênia Maria; alguns técnicos da Secretaria de Educação e alguns professores.
                                       A imagem pode conter: 25 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos
O vereador Clair Moreira e o Assessor de Comunicação da Prefeitura Municipal também estiveram presentes.
Em 2007 (ano em que o PAIC foi transformado em política pública prioritária), era de apenas 39,9%. No ano passado, esse número passou para 86%. "Nós saímos de cerca de 39% para quase 90% de alunos de escolas da rede pública com nível desejável de alfabetização no Ceará. Foi um avanço significativo e a evolução foi reconhecida nacionalmente.
O Ceará vem gastando R$ 52 milhões só com premiações desse programa.
Foi uma pactuação feita com os municípios, com metas, objetivos e resultados.
E para nós é uma grande satisfação hoje ter recebido o resultado do IBEP (Instituto Brasileiro de Edições Pedagógicas) que mostra que, entre as 100 melhores escolas públicas do país, as 24 primeiras são cearenses e ao todo 77 são da nossa rede estadual. Isso mostra que políticas públicas sérias tornam possível construir um caminho melhor para a educação brasileira", comemorou o governador Camilo Santana.
Segundo o SPAECE, 309.933 alunos do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental de mais de 4.500 escolas públicas participaram da avaliação externa da Secretaria da Educação, que identifica e analisa o nível de desempenho dos estudantes. Das escolas da premiação referente à 2015, 300 foram de 2º e 5º anos, enquanto uma foi de escola de 9º ano.
O governador lembrou, ainda, que os resultados apresentados pelas escolas em diversos municípios do Estado também são acompanhados por investimentos em novas estruturas para escolas e profissionais de ensino
Abraçando metas
As escolas públicas de destaque no Programa de Aprendizagem na Idade Certa foram ao Centro de Eventos do Ceará para fazer grande festa. Músicas, abraços, clima de final de campeonato. De Abaiara à Viçosa, seguindo a ordem alfabética, só alegrias e orgulho de gente que colhe frutos de novas possibilidades para melhoria do ensino público no Estado.
Experiências compartilhadas
As escolas do município de Frecheirinha subiram várias vezes ao palco para comemorar vitórias no Prêmio Nota Dez. Nos últimos anos, a cidade do Noroeste do Estado se tornou referência pelo sucesso de suas ações voltadas aos alunos. Sucesso tamanho que acabou por trazer para Fortaleza ideias para repetir o sucesso em algumas escolas na Capital.
Premiação
As escolas homenageadas nesta sexta-feira (16) receberam o prêmio em dinheiro de R$ 2.000,00 por cada aluno avaliado, enquanto as apoiadas ganharam R$ 1.000,00. O prêmio é pago em duas parcelas: primeiro os 75% do valor total devido à escola, após a aprovação pela Seduc do Plano de Aplicação de Recursos Financeiros, depois a segunda parte, após a escola atender às seguintes condições (comprovação da execução da ação de cooperação técnico pedagógica com as escolas que tenham obtido os menores resultados; manutenção ou elevação dos bons resultados obtidos e melhoria dos resultados da escola apoiada).
Para conquistar essa premiação, as escolas públicas devem ter: pelo menos 20 alunos matriculados na série; ter, no mínimo 90% de alunos avaliados na série; ter no 2º ano pontuação entre 8,5 e 10, enquanto as do 5º e 9º ano devem ter entre 7,5 e 10,0, em Português e Matemática; ter a rede municipal a qual a escola pertence, um mínimo de 70% de estudantes do 2º ano da rede municipal no padrão Desejável de Alfabetização e, pelo menos, 30% dos alunos da rede com nível adequado em Língua Portuguesa e Matemática do 5º ano; e não ter feito parte do grupo de escolas premiadas no ano anterior.
MAIS PAIC
No ano passado, o Governo do Ceará lançou o MAIS PAIC - Programa de Aprendizagem na Idade Certa. A medida teve como finalidade ampliar o trabalho de cooperação já existente com os 184 municípios, que além da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano, passou a atender também do 6º o 9º ano nas escolas públicas cearenses. Ao todo, a ação recebe investimento de R$ 52 milhões do Governo do Estado, por meio da Seduc, sendo R$ 26 milhões distribuídos em premiação para as melhores escolas; R$ 9 milhões para a realização da avaliação; R$ 7 milhões para aquisição de material didático; R$ 7,4 mihões em bolsas; e outros R$ 2,6 milhões em apoio logístico para a execução das formações.
Municípios
Em 2007, ano de implantação do PAIC, a média de proficiência alcançada no 2º ano do Ensino Fundamental foi de 119,1, o que corresponde ao padrão intermediário.
Em 2015, alcançou 181,2, o que demonstra uma evolução para o padrão adequado de proficiência. No início do Programa, apenas 14 municípios estavam no padrão desejável em alfabetização das crianças ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Em 2015, esse número subiu para 181, o que representa a quase totalidade dos municípios cearenses.
Quanto aos resultados do 5º ano, em 2008, nenhum município cearense apresentava média no nível adequado em Língua Portuguesa e Matemática. Em 2015, o resultado do 5º ano cresceu, mostrando que 44 municípios cearenses já se encontram com média no nível adequado nas duas disciplinas.

Nenhum comentário:

Visualizações de páginas da semana passada

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário
M Festas vende e aluga para festas de aviversário - Fone (88) 8807.0245