domingo, 15 de maio de 2016

Verstappen vence em estreia na RBR e faz história. Hamilton e Nico batem

                                                  Aos 18 anos, Max Verstappen vence GP da Espanha e faz história na Fórmula 1 (Foto: AP)
A história do GP da Espanha, 5ª etapa da temporada 2016, mudou logo nas primeiras curvas, quando os companheiros de Mercedes, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, bateram brigando pela primeira posição e abandonaram. Sessenta e seis voltas depois, mudava também a história da Fórmula 1. Sem as Flechas de Prata na prova, a disputa pela vitória ficou entre os pilotos da RBR e da Ferrari. E superando todas as expectativas, quem recebeu a bandeira quadriculada em primeiro foi o mais jovem deles, Max Verstappen, de 18 anos, em sua estreia na RBR. O mais jovem de todos que já venceram na categoria máxima do automobilismo mundial, batendo o recorde de Sebastian Vettel (GP da Itália de 2008, aos 21 anos). 
Apontando como futuro campeão mundial, o prodígio holandês precisou de apenas uma corrida para mostrar que a ousadia da equipe austríaca em colocá-lo no lugar do russo Daniil Kvyat, rebaixado para a STR, não foi precipitada. De quebra, Verstappen estabeleceu outros recordes de precocidade: agora é o mais jovem a liderar uma corrida e a subir ao pódio. Além disso, tornou-se também o primeiro holandês a vencer na categoria.
Quem assistiu à corrida, seja em casa ou no Circuito de Barcelona, presenciou algo épico, sem precedentes. Verstappen largou em quarto, atrás da dupla da Mercedes e do companheiro Daniel Ricciardo. Na primeira volta, com a batida de Hamilton e Rosberg, pulou para segundo, atrás do australiano. O pulo do gato para a vitória veio na estratégia. O holandês permaneceu mais tempo na pista antes do segundo pit stop e assumiu a liderança, enquanto Ricciardo partiu três paradas. Como um veterano, Max administrou seu último jogo de pneus por 32 voltas. Isso tudo segurando nas voltas finais a pressão do experiente Kimi Raikkonen, de 36 anos, o dobro de sua idade. O finlandês cruzou em segundo, a menos de 1s do jovem holandês. Vettel completou o pódio, não sem antes ser ameaçado por Ricciardo, que tentou de tudo para ultrapassar o tetracampeão antes de furar um pneu, ter que parar mais uma vez nos boxes e terminar em quarto. Após cruzar a linha de chegada, Max foi reverenciado pelos fiscais de pista, que quase ajoelharam na pista reconhecendo o feito do piloto. Eram apenas as primeiras saudações para um nome que tem tudo para reescrever o futuro da Fórmula 1.
(g1)

Nenhum comentário:

Visualizações de páginas da semana passada

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário
M Festas vende e aluga para festas de aviversário - Fone (88) 8807.0245