domingo, 10 de abril de 2016

Papa defende Igreja menos rígida com divorciados

Francisco estabelece novas orientações sobre a família e casamento, num dos pronunciamentos mais importantes de seu pontificado. "Ninguém pode ser condenado para sempre", afirma.

Em um dos pronunciamentos mais aguardados de seu pontificado, o papa Francisco pediu nesta sexta-feira (08/04) uma Igreja menos rígida e mais compassiva com os católicos "imperfeitos" uma mensagem entendida como uma abertura para aqueles que se divorciam e voltam a se casar.

No documento de 260 páginas chamado Amoris Laetitia ("a alegria do amor"), elaborado durante dois anos de consultas com bispos de todo o mundo, Francisco estabelece novas orientações sobre a família e o casamento. (Do O Povo Online)

(O Povo)

Nenhum comentário:

Visualizações de páginas da semana passada

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário
M Festas vende e aluga para festas de aviversário - Fone (88) 8807.0245