quinta-feira, 10 de março de 2016

Preso 'Robertinho Pantanal' é transferido do CE para prisão em Rondônia

O detento Francisco Roberio Ferreira Martins, conhecido como Roberinho Pantanal, foi transferido na tarde desta quarta-feira (9) para o Presídio Federal de Porto Velho, Rondônia. A informação foi confirmada pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus).
De acordo com a Sejus, o interno estava recolhido na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima e foi escoltado por agentes do Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) até o Aeroporto Pinto Martins onde foi entregue a policias federais.
Robério Martins responde a crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. Em outubro do ano passado, o interno foi acusado de ter, de dentro da unidade prisional, ordenado a morte de Israel Fidelis de Holanda. A execução foi gravada e divulgada nas redes sociais. Robério está preso desde agosto de 2015.
Ataques a ônibus
Os ataques contra ônibus em Fortaleza e Região Metropolitana podem está relacionadas a transferências de traficantes e homicidas do Ceará para outros presídios do Brasil. A informação foi confirmada na terça-feira (8)  pelo secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, Delci Teixeira. Ele reforçou que  a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) trabalha agora com várias linhas de investigação. Desde a morte de um traficante no Bairro Presidente Kennedy, até a trasnferências de homicidas para outros presidíos, as exigências de presidiários dentro de presídios do Ceará.
"Eu diria que as motivações são várias. Não descartamos nenhuma delas, dessas linhas de investigação, tanto no caso de traficantes presos, traficantes que foram transferidos para outros presídios e para presídios de segurança máxima, federais. Tivemos um confronto  de pessoas com equipes do Raio e uma dessas pessoas veio a óbito, e temos também insatisfações e pedidos de quem está dentro dos presídios que sempre fazem exigências ou pedidos. São várias linhas de ações. Não descartamos nenhuma, mas me parece que está sobressaindo, em razão da atuação da polícia. Ninguém ataca quem não está incomodando", disse.

A Polícia Militar e a Polícia Civil prenderam mais três pessoas suspeitas de participarem de ataques a delegacias em Fortaleza e Região Metropolitana ocorridos entre a quinta-feira (2) e domingo (6).  No total, 13 pessoas foram detidas, sendo dez adultos presos e três adolescentes apreendidos, no que diz respeito aos ataques contra coletivos e prédios públicos.
  •  (G1)

Nenhum comentário:

Visualizações de páginas da semana passada

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário

M Festas - Onde você encontra tudo para Aniversário
M Festas vende e aluga para festas de aviversário - Fone (88) 8807.0245